O administrador bem sucedido

Imagem

O administrador é aquele que gerencia uma determinada organização com o objetivo de fazê-la manter-se organizada e gerando divisas para sua manutenção, lucro e sobrevivência no mercado. Numa sociedade organizacional e empresarial o administrador ganha muita importância, pois a geração de riqueza e bem-estar das pessoas depende em grande parte de sua atuação, nunca foi tão essencial contar com uma equipe de administradores capaz de trabalhar de forma integrada em várias áreas da empresa.

Pete Drucker, considerado um dos pais da moderna Administração, diz que os “executivos – aqueles que administram as organizações – dão direção às mesmas, lideram-nas e decidem como empregar os recursos organizacionais para atingirem os objetivos desejados”.

E para que o administrador obtenha o êxito em suas funções algumas características e habilidades lhes são essenciais.

A primeira palavra chave para um administrador bem sucedido é o sonho, o administrador que não sonha que não almeja algo nunca alcançará nada. Um exemplo bem conhecido de um sonhador é o do jovem José , que ao ser levado como escravo para um país estrangeiro, como conta a bíblia sagrada, manteve seus sonhos, e se esforçou para que estes se tornassem real, mesmo passando privações, chegando até mesmo ao cárcere , ele jamais esqueceu-se de seus sonhos. Entretanto ele não era apenas um sonhador, ele havia durante sua vida ao lado de sua família desenvolvido algumas competências que serão abordadas.

Segundo Chiavenato (2005) o sucesso do administrador depende mais do seu desempenho do que de seus traços particulares de personalidade. E o seu desempenho é resultado de certas habilidades que o administrador possui e utiliza. Uma habilidade é a capacidade de transformar conhecimento em ação e que resulta em um desempenho desejado.

Em determinado momento ele foi levado até Faraó, que era a autoridade máxima daquele país em sua época e ao se deparar diante de faraó ele mostrou sua primeira competência, ele tinha conhecimento (sabedoria) , ou seja ele possuía o saber, o país iria passar por uma crise de alimentos e José conhecia este fato e mais conhecia também métodos para resolver este problema.

O administrador deve estar focalizado no futuro para poder preparar sua empresa para enfrentar os novos desafios que surgem. Ele focalizou o problema futuro que seria a escassez de alimentos. Porém ele tinha também uma perspectiva sobre o que viria a acontecer, ele sabia o que fazer, ele possuía uma visão daquilo. Então ele tomou uma atitude, porque ele sabia fazer acontecer, José era empreendedor.

Diante daquela situação o jovem estrangeiro, era o único com as competências necessárias para auxiliar o soberano do Egito.

Seja por meio de novas tecnologias, novas condições sociais e culturais, seja por meio de novos produtos e serviços. Além disso, o administrador deve pensar globalmente (ver o mundo) e agir localmente (atuar na empresa).

Para levar sua empresa à excelência, o administrador deve ter espírito empreendedor, aceitar desafios, assumir riscos e possuir um senso de inconformismo sistemático. Somente assim o administrador pode conduzir sua empresa a uma situação melhor. (Chiavenato 2004).

José passou a organizar o estoque e a distribuição dos alimentos e através de seu modelo de organização, o país foi abastecido com alimentos suficientes para 7 anos de seca e escassez.

Quanto às limitações relacionadas aos valores e conceitos de finalidades que influenciam o tomador de decisão, a lealdade à organização por parte do administrador é fundamental ao alcance dos objetivos organizacionais. Se os valores individuais não coincidirem com os valores e finalidades organizacionais, o administrador pode tomar decisões contrárias aos interesses da unidade mais ampla. Pressões afetivas, culturais e jogos de poder influenciam no conteúdo das decisões (MOTTA E VASCONCELOS, 2002). Faz-se necessário que o indivíduo possua boa índole, sendo honesto e mantendo se fiel a seus valores e convicções a fim de que independente das decisões que ele precisará tomar que as faça de forma incorruptível.

Outro ponto fundamental que vemos na vida de José é a fé, mesmo diante de sua situação anterior, sendo escravo e estrangeiro ele acreditou, porque a fé é a crença de que algo irá acontecer, independente de se estar vendo ou não uma possibilidade. Ele teve fé em si em seus sonhos e naquele que era maior do que ele, e que havia lhe dado os sonhos, e a capacitação, Deus. Mas para que ele chegasse onde ele estava naquele momento, foi-lhe exigido coragem, para enfrentar todos os desafio que lhe advieram anterior ao seu sucesso. A coragem é uma virtude que o administrador de sucesso, enfrentar os medos que são os empecilhos até a realização dos sonhos. Contudo nada disso lhe seria proveitoso se ao chegar ao topo, ao cargo máximo ele se esquecesse do principal, do sentimento que é a engrenagem para que tudo o que ele fizesse, bem como ao alcançar o êxito e o sucesso isto lhe fosse satisfatório, nenhuma conquista terá sabor, se o trabalho não for exercido com amor. E se não puder desfrutar das recompensas que ele lhe dá, que proveito haveria em dedicar seu tempo e sua vida em algo insatisfatório? Por isso tudo o que se propôs a fazer, que faça o com amor.

Raiane Costa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s